Já estão abertas as inscrições para a primeira janela do Credenciamento Técnico da FPJudô de 2022

Último credenciamento técnico realizado presencialmente em 2019 no Teatro Paulo Machado de Carvalho em São Caetano do Sul © Global Sports

Este ano o credenciamento será realizado de forma virtual e aceitará inscrições até o dia 15 de fevereiro. Outra janela será aberta em julho

Por FPJCOM
4 de fevereiro de 2022 / São Paulo (SP)

Atendendo as medidas sanitárias estabelecidas pela nova fase da pandemia, o Credenciamento Técnico da Federação Paulista de Judô (FPJudô) desta temporada será realizado de forma virtual. O evento técnico mais importante da temporada será realizado de 21 de fevereiro a 4 março, e as palestras serão apresentadas por meio da Plataforma FPJudô, que pode ser acessada através deste link.

Segundo o professor Marco Aurélio Uchida, coordenador técnico da FPJudô, além do formato remoto a edição deste ano traz outros diferenciais. “O primeiro deles é a realização de uma prova, que será aplicada aos professores após todo o ciclo de palestras. Será exigido acerto mínimo de 60% das questões para aprovação, o que permitirá selecionar apenas profissionais de fato qualificados, além de garantir que todos assistam efetivamente às palestras remotas e prestem a máxima atenção”, explicou.

Uchida informou que o técnico reprovado terá direito a outra oportunidade de ser testado, porém, se for reprovado na segunda vez, precisará esperar a próxima janela de credenciamento. Os professores reprovados não poderão atuar em eventos da FPJudô. Além disso, precisarão estar com a anuidade de 2022 quitada para receber o crachá, que será entregue a partir da Copa São Paulo Aspirante.

Professor Marco Aurélio Uchida, coordenador técnico da FPJudô © Global Sports

“Outra novidade é que neste ano haverá duas janelas de credenciamento”, prosseguiu Uchida. “São iniciativas muito importantes que estamos realizando com o objetivo de suprir as carências técnicas de vários professores, surgidas em função da covid-19. Esperamos atender as necessidades de todos, porque estamos buscando sempre melhorar e entregar mais.”

Uchida adiantou que o credenciamento poderá ser feito durante todo o ano de maneira virtual, mas que serão abertas duas janelas para inscrição: uma em fevereiro e a outra em julho. Durante os dois períodos, a taxa de inscrição será mais baixa, ou seja, apenas R$ 70. Já quem realizar a inscrição e o pagamento fora da janela irá arcar com um custo 100% maior.

Os palestrantes da FPJudô serão Oswaldo Hatiro Ogawa, que irá falar sobre kihon, os fundamentos do judô; Floriano Peixoto de Almeida Neto, que discorrerá sobre o processo de transição da base ao alto rendimento; Takeshi Yokoti vai abordar as regras para o ciclo Paris 2024; Marco Aurélio Uchida, discorrerá sobre os regulamentos de 2022; e, por fim, graças à parceria firmada entre as entidades, o Conselho Regional de Educação Física da 4ª Região/São Paulo (CREF4/SP) estreará com palestras no credenciamento.

Ponto alto deste ano

A grande inovação do Credenciamento Técnico desta temporada é a parceria estabelecida pela Federação Paulista de Judô e o Conselho Regional de Educação Física da 4ª Região (CREF4/SP).

A palestra de abertura do Credenciamento Técnico desse ano será proferida pelo presidente da entidade, professor faixa preta de judô Nelson Leme da Silva Júnior. Na sequência, o professor Tadeu Corrêa, conselheiro do CREF4/SP (001086-G/SP) e membro da Comissão Especial de Lutas do conselho discorrerá sobre Ética e Ética Profissional.

Outra importante inovação serão os certificados de conclusão, firmados pela FPJudô e pelo CREF4/SP, estreitando cada vez mais os laços entre judocas e os Profissionais de Educação Física.

“Como judoca e dirigente do CREF4/SP já tive a oportunidade de participar do Credenciamento Técnico da FPJudô, um evento que impressiona pela grandeza e pela qualidade do conteúdo disponibilizado aos participantes. Estamos certos de que esta iniciativa inédita agregará conhecimento ao processo de profissionalização cada vez maior dos professores de judô do Estado de São Paulo”, anteviu Nelson Leme.

Em dezembro passado,
Alessandro Puglia e Nelson Leme firmaram nova parceria visando a profissionalização do judô e da atividade física © Global Sports

O professor kodansha Alessandro Panitz Puglia, presidente da FPJudô, entende que a parceria com o CREF4/SP proporcionará maior engajamento dos judocas paulistas nos temas relacionados ao judô escolar. “Nos dois últimos anos formamos cerca de 1.500 faixas-pretas que, se somados aos que já existiam, ainda não chegam ao que necessitamos para suprir a demanda das escolas da rede pública do Estado. Prevemos que a recém-criada Comissão Especial de Lutas do CREF4/SP oferecerá maior suporte ao nosso projeto de atender a demanda de professores de judô escolar no Estado de São Paulo”, disse Puglia

Para participar do Credenciamento Técnico os professores devem portar a faixa preta e serem maiores de 18 anos, além de realizar a inscrição AQUI, de 1º a 15 de fevereiro, para aproveitar a menor taxa.

Clique AQUI e confira o Outline Credenciamento Técnico 2022 da Federação Paulista de Judô.

Fique por dentro de eventos e notícias locais das Delegacias Regionais

Nossos Parceiros

Logo Parceiros

Nossos Apoiadores

Logo Apoiadores

Nosso Instagram @fpjudo