Luís Alberto dos Santos avalia atividades de 2021 da FPJudô e informa próximos passos da entidade

Luis Alberto, coordenou o curso de padronização dos critérios da banca examinadora que atuou no exame de graduação de 2021 © FPJCOM

A federação obteve êxito nos dois grandes objetivos do segundo semestre: o exame de graduação, com 100% de aprovação, e a vitória das duas duplas no Campeonato Brasileiro de Kata

Por FPJCOM
20 de dezembro de 2021 / Curitiba (PR)

A Federação Paulista de Judô (FPJudô) retornou às atividades em meados de agosto de 2021, após longa e inesperada pausa causada pela pandemia de covid-19. A nova administração iniciou um processo de retomada dos eventos em todo o Estado, e um dos setores mais empenhados nesse processo é a coordenação de cursos, comandada pelo professor kodansha Luís Alberto dos Santos desde 2007.

“Os principais focos do segundo semestre de 2021 foram o exame de graduação e o Campeonato Brasileiro de Kata”, explicou, “e em ambos nós atingimos sucesso absoluto. As duas duplas paulistas que competiram foram campeãs no kata, uma apresentando o katame-no-kata e a outra executando o kodokan goshin-jutsu.” Já nos treinamentos visando ao exame de graduação, o coordenador de cursos informou que a média de presença diária era de 40 candidatos.

Coordenador de cursos da Federação Paulista de Judô desde 2007, Luis Alberto é uma das principais referências do kata no Brasil na atualidade © FPJCOM

“Coloquei-me à disposição deles durante a tarde toda, a partir das 14 horas, além de ministrar aulas regulares à noite. Recebemos pessoas de outras cidades, como Praia Grande, e elaboramos um treino exclusivo para a Kelly, que faz parte da categoria B1 (cego total) no judô paralímpico. Conseguimos 100% de êxito no exame de graduação, visto que todos que treinaram foram aprovados, mesmo aqueles que não o fizeram regularmente. Foram quatro meses de desenvolvimento e ensino muito bom”, acrescentou Luís Alberto, que é professor kodansha shichi-dan (7º dan).

No próximo ano, o foco será a retomada das atividades o mais cedo possível, pensando sempre no exame de graduação, nas duplas que competem em torneios de kata e nos professores que buscam aprimorar suas técnicas por meio da especialização e do treinamento – são esses os três públicos com os quais a FPJudô trabalha. Em 2022, há uma força-tarefa para organizar treinos intensivos em feriados prolongados, como no carnaval, por exemplo.

Luis Alberto comemorou mais uma temporada bem-sucedida na coordenação de cursos paulista © FPJCOM

“A ideia é realizar esse treinamento intensivo nos três períodos – manhã, tarde e noite –, passando pelos cinco katas: nage-no-kata, katame-no-kata, ju-no-kata, kime-no-kata e kodokan goshin-jutsu. Além disso, queremos abrir as portas para professores e alunos de outros Estados. É uma ação adicional ao trabalho que fazemos normalmente aqui na FPJudô”, prosseguiu o coordenador de cursos, que é multicampeão mundial de kata e uma das principais referências do País no assunto.

Além das novas ideias de implementação de treinos, a FPJudô dará em 2022 uma atenção especial a todos os graduados em 2020 e 2021. Segundo Luís Alberto, esses judocas sofreram uma grande lacuna no aprendizado porque os cursos foram ministrados de forma virtual. “Não houve a vivência necessária, porque o judô é, em sua essência, um esporte de muito contato. Então, queremos resgatar esse vazio que ficou e, de alguma maneira, completar o conhecimento adequado para a graduação que eles alcançaram.”

Professor Luis Alberto prevê a retomada total das atividades no CAT em 2022 © FPJCOM

As condições de trabalho proporcionadas pela atual administração da FPJudô demonstram que a entidade vive outra atmosfera, visando a trabalhar mais e melhor para propagar o esporte e para oferecer o maior desenvolvimento possível para os praticantes.

Fique por dentro de eventos e notícias locais das Delegacias Regionais

Nossos Parceiros

Logo Parceiros

Nossos Apoiadores

Logo Apoiadores

Nosso Instagram @fpjudo