Campeonato Paulista por Faixas reuniu judocas de todo o estado em Itapecerica da Serra

A Federação Paulista de Judô (FPJudô) realizou neste sábado (31 de agosto) o Campeonato Paulista por Faixas 2019, com apoio da prefeitura e da Secretaria de Esporte e Lazer de Itapecerica da Serra.

Criado para atletas que estão começando a competir, o certame realizado em seis áreas recebeu 551 judocas de 131 associações no ginásio poliesportivo Antônio Baldusco e dividiu-se em cinco classes: dangai branca e amarela; dangai laranja e verde; dangai roxa; dangai marrom masculino e feminino; e yudan pretas todos os dans.

Antes da cerimônia de abertura houve apresentação de taikô feita pelos grupos Kyo Adaiko e Yutaka Adaiko de Itapecerica da Serra, ambos dirigidos pelo professor Roger Kozo Imamura.

Participaram da cerimônia de abertura autoridades políticas e esportivas, entre as quais Francisco de Carvalho, presidente de honra da FPJudô; Valdomiro de Freitas Dias, o Miro Dias, secretário de Esporte e Lazer de Itapecerica da Serra; José Jantália, vice-presidente da FPJudô; Joji Kimura, coordenador técnico da FPJudô; Silvano Lacerda, assessor do pastor Márcio, presidente da Câmara Municipal de Itapecerica da Serra; Edison Minakawa, gestor nacional de arbitragem da Confederação Brasileira de Judô; Takeshi Yokoti, coordenador de arbitragem da FPJudô; Júlio César Jacopi, coordenador de eventos da FPJudô; Antônio Carlos Mesquita, presidente da comissão disciplinar da FPJudô; André Luís Cipriani, diretor de judô do São Paulo Futebol Clube; Carlos Honorato, vice-campeão olímpico em Sidney 2000; Marco Aurélio Uchida, coordenador de oficiais técnicos da FPJudô; e Marilaine Ferranti, coordenadora-adjunta de arbitragem da FPJudô.

Completaram a mesa de honra os delegados regionais Hissato Yamamoto, José Gildemar de Carvalho, Leandro Tomé Correa, Celso de Almeida Leite e Cléber do Carmo, além dos professores kodanshas Takeshi Nitsuma, Miriam Minakawa, Tomyo Takayama, Sumio Tsujimoto, Leandro Alves Pereira, Milton Ribeiro, Marcos Mercadante, Ivo Nascimento, Belmiro Boaventura e do professor Eduardo Lourencetto, o anfitrião do certame.

Setenta e dois oficiais técnicos e sete coordenadores atuaram sob o comando de Marco Aurélio Uchida, enquanto 61 árbitros trabalharam nas seis áreas de comandados pelos árbitros FIJ A Takeshi Yokoti e Marilaine Ferranti.

O secretário de Esporte e Laser de Itapecerica fez o primeiro pronunciamento, demonstrando a satisfação de realizar o torneio.

“É um grande prazer receber mais uma vez um evento da FPJudô em nosso município. As portas de nossa cidade estão sempre abertas para os judocas paulistas e as chaves de nossa cidade estão nas mãos dos dirigentes da federação. Em nome do prefeito Jorge José da Costa dou as boas-vindas e desejo uma excelente competição a todos atletas que aqui estão”, disse o secretário Miro Dias.

Na sequência Francisco de Carvalho Filho cumprimentou as autoridades, dirigentes, técnicos e atletas e parabenizou a gestão técnica da FPJudô pela realização de um evento tão importante para a evolução técnica dos novos competidores.

“Parabenizo todos atletas que estão aqui participando de um evento criado com o objetivo de oferecer maior isonomia e equidade para os judocas que estão iniciando, e felizmente deu certo. Na pessoa do professor Joji Kimura, eu cumprimento todos os membros do nosso departamento técnico pela realização de um evento que promove o desenvolvimento técnico dos nossas filiados e, consequentemente, do judô paulista”, disse o dirigente, que finalizou detalhando a premiação dos atletas campeões do ikkyo com a isenção das taxas do exame de graduação.

Em paralelo ao Campeonato Paulista por Faixas realizou-se o exame nacional de arbitragem da Federação Paulista de Judô, sob a supervisão da Confederação Brasileira de Judô. Antes, porém houve o juramento dos atletas.

Edison Minakawa, gestor nacional de arbitragem da CBJ, informou o número de candidatos inscritos no exame nacional de arbitragem desta temporada.

“É com muita honra que, como coordenador nacional da arbitragem da CBJ, comandarei hoje o exame para 61 árbitros paulistas. Temos aqui 20 candidatos a árbitro nacional A, 19 candidatos à categoria nacional B e 22 candidatos à categoria nacional C. Esta é uma concessão que São Paulo faz por merecer e que demonstra a pujança do judô do nosso Estado. Desejo boa sorte a todos os candidatos e anseio que ao final do exame todos tenham sido aprovados”, disse Minakawa sensei.

Em seguida houve o tradicional rei inicial, executado pelos 61 árbitros examinados no certame e comandado pelo experiente árbitro da FPJudô João Davi de Andrade.

Premiando os campeões

Revelando mais uma grande sacada do departamento técnico da FPJudô, Joji Kimura detalhou as inovações técnicas que, acima de tudo, buscam lançar os atletas paulistas na busca de maior preparo e de resultados e cada vez mais expressivos.

“Na minha visão, o Campeonato Paulista por Faixas é a competição mais democrática em termos técnicos do nosso calendário, pois permite que os atletas lutem apenas com adversários da mesma graduação. A grande novidade deste ano é que premiaremos os campeões do ikkyu masculino e feminino, que ficarão isentos de pagar as taxas referentes ao exame de graduação que ocorre sempre no fim da temporada. Outra inovação é que no feminino agora nós temos três pesos, e não mais apenas um. Os campeões do sho-dan também ficarão isentos das taxas do exame de graduação. É claro que terão de cumprir normalmente todas as exigências inerentes aos módulos, fundamentos e demais práticas. Acima de tudo, buscamos lançar mais um desafio e uma meta para todos os atletas destas classes. Nesta competição, especificamente, o quesito regularidade foi substituído pela efetividade”, detalhou o coordenador técnico da federação paulista.

Por: Paulo Pinto
Fotos: Budôpress / Marcelo Lopes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fique por dentro de eventos e notícias locais das Delegacias Regionais

Nossos Parceiros

Logo Parceiros

Nossos Apoiadores

Logo Apoiadores

Nosso Instagram @fpjudo