Consulesa adjunta Komuro Chiho agradece homenagem da FPJudô ao governo do Japão

Autoridades políticas e esportivas com os treinadores do Centro de Excelência Esportiva de São Bernardo do Campo © FPJCOM

Cerimônia de entrega oficial dos tatamis doados pelo governo japonês reuniu todos que direta ou indiretamente participaram da iniciativa

Por Paulo Pinto / FPJudô
29 de março de 2022 / Curitiba (PR)

Inaugurado oficialmente em 1º de setembro, o Centro de Excelência Esportiva do Judô iniciou as atividades utilizando tatamis que a Federação Paulista de Judô já possuía. Somente em meados de outubro os equipamentos doados pelo governo do Japão e fornecidos pela Original Tatamis chegaram ao dojô da Arena Olímpica de São Bernardo do Campo.

Autoridades perfiladas durante a execução do Hino Nacional © FPJCOM

Ainda em outubro, Sota Watanabe, vice-cônsul do Japão, fez uma visita técnica ao Centro de Excelência de Judô de São Bernardo do Campo para confirmar a entrega das placas que seriam instaladas no dojô da arena olímpica.

Marco Antônio da Costa, Danielle Yuri, Elton Fiebig, Hatiro Ogawa, Alessandro Puglia, Vânia Ishii, Henrique Guimarães e Marcelo Fuzita homenageiam os senseis Shuhei Okano e Takanori Sekine, na foto com suas esposas Reiko Okano e Itsuko Sekine © FPJCOM

No dia 15 de março, comitiva encabeçada pela consulesa-geral adjunta Komuro Chiho, representando o cônsul-geral do Japão Kuwana Ryosuke, participou da solenidade oficial de entrega do equipamento e da prestação de contas dos recursos disponibilizados pelo governo japonês. Na ocasião a diplomata discorreu sobre os detalhes que envolveram o projeto.

Komuro Chiho, a consulesa-geral adjunta do Consulado-geral de São Paulo © FPJCOM

“É um prazer estar aqui hoje para celebrarmos a cerimônia oficial de entrega dos tatamis do Projeto de Aquisição de Equipamento de Judô para a Federação Paulista de Judô”, disse a consulesa.

Judocas perfilados © FPJCOM

O projeto foi contemplado pelo Programa de Assistência a Projetos Comunitários de Cultura do Governo do Japão, que visa a oferecer apoio material a ONGs e instituições públicas sem fins lucrativos em prol do desenvolvimento da cultura e da educação. O programa contempla, por exemplo, doação de computadores e equipamentos audiovisuais que colaborem para a qualidade do ensino ou auxílio financeiro para reformas e manutenção de instalações. “Por meio dessas ações, esperamos que o resultado seja o progresso das comunidades beneficiadas e o aprofundamento ainda maior dos laços de amizade entre Brasil e Japão”, acrescentou.

Alessandro Puglia, presidente da FPJudô © FPJCOM

A Federação Paulista de Judô, reconhecem os representantes do governo japonês, é uma entidade tradicional e importante, conhecida pelo treinamento de atletas medalhistas olímpicos e paralímpicos, sendo uma das principais instituições de judô no Brasil. Devido a sua relevância, esta é a segunda vez que a federação é contemplada pelo programa, tendo sido a primeira em 2005.

Alex Mognon, secretário de Esportes de São Bernardo do Campo © FPJCOM

“A dedicação dos mestres e judocas torna-se visível pelo desgaste dos tatamis, resultado do treino árduo e contínuo, um aproveitamento que muito nos alegra”, contou a consulesa. “Entretanto, o desgaste inviabiliza o preparo adequado dos atletas e ficamos muito satisfeitos por podermos contribuir novamente com a federação paulista na aquisição de equipamentos por meio do Programa de Assistência a Projetos Comunitários.  Desta vez, 377 novos tatamis foram instalados na sede da federação e na Arena Olímpica de São Bernardo do Campo. Desejamos profundamente que a Federação Paulista de Judô continue a fortalecer os laços de amizade entre o Brasil e o Japão por meio da difusão do judô.”

Os professores Yoshiyuki Shimotsu e Glauber Aragão da 10ª Delegacia Central fizeram apresentação do kata Kodokan Goshin Jutsu © FPJCOM

Komuro Chiho enfatizou que o judô, originário do Japão, é muito popular no Brasil. “O País possui uma comunidade de aproximadamente dois milhões de praticantes desse esporte, a maior no mundo. Fico extremamente feliz ao observar e saber que muitos brasileiros treinam judô desde a infância e também em ver os bons resultados dos atletas brasileiros nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020 e em outras competições internacionais.”

Sensei Shimotsu (tori) é coordenador de exames de graduação da FPJudô © FPJCOM

O esporte é mais um laço que conecta os dois povos, lembrou a consulesa. E desde a assinatura do memorando de cooperação desportiva entre o Ministério da Educação, Cultura, Esporte, Ciência e Tecnologia do Japão e o Brasil, em 2016, os dois países têm dado atenção especial à formação humana por meio do judô e se empenhado conjuntamente para incluir a prática desse esporte nas escolas públicas.

Alessandro Puglia homenageia Kuwana Ryosuke, cônsul-geral do Japão © FPJCOM

“Aqui neste dojô, lembro do ensinamento do mestre Jigoro Kano: de que o verdadeiro propósito desse esporte é a formação humana, a construção de pessoas cordiais, gentis com os próximos, de fibra e ética moral. Esse é o objetivo do memorando assinado entre Japão e Brasil: muito além do aprimoramento técnico, o propósito é a formação de cidadãos que contribuam para o desenvolvimento da sociedade”, assegurou Komuro Chiho. “Esperamos continuar com a importante colaboração a FPJudô para a difusão do judô nas escolas públicas, para a formação humana dos jovens brasileiros e para o fortalecimento dos laços entre o Japão e o Brasil por meio do esporte.”

Em nome da diretoria da federação paulista, Alessandro Puglia reverenciou toda a ajuda prestada pelas senhoras Reiko Okano e Itsuko Sekine, que por anos a fio apoiaram a atuação de seus respectivos maridos no judô paulista e nacional © FPJCOM

Agradecendo a atenção de todos, Komuro Chiho concluiu saudando os judocas paulistas. “Por fim, apresento meus votos de muito sucesso e saúde a todos os membros da Federação Paulista de Judô e a todas as pessoas envolvidas neste grande projeto.”

Judocas fazem o rei final © FPJCOM

Alex Mognon, secretário de Esportes de São Bernardo do Campo, agradeceu o importante apoio oferecido pelo governo do Japão a Arena Olímpica de São Bernardo do Campo.

Representando os treinadores do Centro de Excelência Esportiva, sensei Elton Fiebig agradeceu o apoio prestado pelo governo do Japão, ao judô paulista © FPJCOM

“Em nome do prefeito Orlando Morando, agradeço ao governo do Japão que, por meio do Consulado-Geral do Japão de São Paulo fez a doação dos tatamis utilizados neste dojô. Não fosse esta parceria, certamente nossos judocas não desfrutariam tanta qualidade e segurança para realizar os treinos do dia a dia. Por mais que nossa pasta disponha de meios para assegurar a infraestrutura do esporte no município, sempre faltam recursos. Por outro lado, a concretização deste projeto ratifica a transparência, a lisura e a seriedade na gestão do judô paulista. Parabenizo e agradeço ao governo japonês por este apoio ao esporte de base do Brasil.”

Alessandro Puglia e Komuro Chiho descerram a placa que será fixada no dojô do Centro de Excelência © FPJCOM

Dirigindo-se inicialmente aos judocas do Centro de Excelência Esportiva, Alessandro Puglia, presidente da FPJudô, agradeceu o apoio que o governo do Japão mais uma vez presta à comunidade do judô paulista. “Hoje, estamos aqui fazendo uma singela homenagem ao governo do Japão por meio do seu consulado. A aquisição deste equipamento que vocês estão utilizando no Centro de Excelência Esportiva e no dojô do CAT só foi possível graças a uma entidade chamada Instituto Kodokan Brasil, que durante décadas esteve sob a gestão dos senseis Shuhei Okano e Takanori Sekine. Ambos viabilizaram esta iniciativa junto ao governo japonês. Falecido em janeiro de 2021, o professor Okano está sendo representado aqui pela senhora Reiko Okano, viúva de Shoei Okano. Falecido em outubro de 2019, o professor Sekine, está sendo representado nesta cerimônia pela senhora Itsuko Sekine, viúva do sensei Sekine. Ambos foram pessoas muito importantes para o judô brasileiro desde a década de 1960. Medalhistas olímpicos e atletas como Aurélio Miguel, Walter Carmona, Henrique Guimarães, Vânia Ishii, Hatiro Ogawa e muitos outros foram contemplados com o conhecimento técnico deles e com alguma forma de auxílio por meio do Instituto Kodokan Brasil.”

Placa descerrada © FPJCOM

Visivelmente emocionado com a presença das viúvas dos finados senseis Okano e Sekine, o dirigente paulista prestou mais uma homenagem aos dois professores que imigraram para o Brasil e foram determinantes no processo de desenvolvimento do judô em nosso País. “Portanto, senhoras Heiko e Itsuko, estou bastante emocionado de tê-las aqui e mais uma vez poder agradecer tudo que as senhoras e seus respectivos esposos fizeram pelo judô brasileiro. Vocês foram pessoas que, silenciosamente, fizeram com que São Paulo chegasse onde chegou. E eu tenho uma gratidão enorme por tudo que fizeram.”

Juntos, atletas, treinadores e dirigentes fazem foto histórica © FPJCOM

Puglia concluiu dirigindo-se mais uma vez aos jovens que treinam na Arena Olímpica. “Hoje, vocês estão num local que tem tudo. Se vocês aprenderem um pouquinho só do que é o sentimento japonês para incorporar na vida de vocês, com certeza teremos um Brasil muito melhor. Eu tenho orgulho de ter ido cinco vezes ao Japão, e sei a importância de termos como referência um país que se reconstrói todos os dias. Gostaria de agradecer mais uma vez a toda equipe do Consulado do Japão em São Paulo e reiterar nosso agradecimento pelo apoio que recebemos do Japão, do governo de São Bernardo do Campo e do Estado de São Paulo.”

Também participaram da cerimônia Sota Watanabe, vice-cônsul do Japão; Alex Mognon, secretário de Esportes de São Bernardo do Campo; Arnaldo Luiz de Queiroz Pereira, secretário-geral da FPJudô; Adib Bittar Júnior, coordenador financeiro da FPJudô; os professores kodanshas Osvaldo Hatiro Ogawa, Yoshiyuki Shimotsu, Vânia Ishii e Henrique Carlos Serra Azul Guimarães; os treinadores do Centro de Excelência Esportiva Elton Fiebig, Daniele Yuri, Marcelo Fuzita e Marco Antônio da Costa, o Rato, além dos atletas inscritos no projeto do Centro de Excelência Esportiva de Judô e do sensei Glauber Aragão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fique por dentro de eventos e notícias locais das Delegacias Regionais

Nossos Parceiros

Logo Parceiros

Nossos Apoiadores

Logo Apoiadores

Nosso Instagram @fpjudo