FPJudô propõe novos conceitos e uma visão mais ampla no ensino do judô em São Paulo

Buscando lançar uma visão mais ampla sobre cada praticante e filiado, a Federação Paulista de Judô (FPJudô) realizará nos dias 20 e 27 de maio o primeiro Workshop de Formação. O curso será ministrado pelo renomado professor Floriano Almeida no Centro de Aperfeiçoamento Técnico (CAT) da FPJudô.

O workshop será realizado em todas as delegacias regionais com o intuito de identificar as principais mudanças no ensino da modalidade, de forma que a federação consiga estabelecer uma referência e normatizar a prática em todo o Estado. Essa referência abrangerá os fundamentos, uchi-komis, ukemis e vários tipos de iniciação procurando instituir, num segundo momento, um padrão básico de ensino.

O professor kodansha Floriano Almeida explica que esta iniciativa visa a desenvolver o judô de São Paulo de forma mais homogênea. Para ele, nenhuma região deve ter um judô mais forte que o das outras.“Ao contrário, a modalidade deve ser forte como um todo e, para tanto, devemos lançar um olhar mais amplo e ensinar o judô de forma mais padronizada”, diz.

“Só vamos conseguir atingir este objetivo por meio de uma normatização de metodologias e processos. O que se faz no sub 9, sub 11 e sub 15 e nas demais classes faz parte da construção de um atleta de alto rendimento, mas o judô não pode ficar focado apenas na competição. Não existe apenas o judoca competidor. Há um leque gigantesco de opções que devem ser consideradas desde a iniciação. Precisamos ver a evolução no longo prazo e pensar na formação do praticante até a faixa preta, e não apenas até a próxima competição. Havendo este processo de formação do judoca até obter a faixa preta e graus superiores, ele poderá progredir de forma mais clara, objetiva– ou até menos traumática –e estabelecer livremente se será professor, competidor, técnico, árbitro ou simplesmente um praticante que estará no judô a vida toda”, esclarece.

Uma visão mais socioeducativa

O professor kodansha destaca que os workshops pretendem despertar uma visão do judô além da competição. Isso porque, caso seja ensinado com foco apenas no lado competitivo, o praticante pode perder o interesse pelo judô prematuramente, se perceber que não terá espaço no rendimento.

“Por exemplo, um professor fala para seu aluno de 8 anos que vai treiná-lo para ser campeão.Entretanto, quando tiver 12 e perder a primeira competição, aquela criança –que já era judoca– poderá abandonar a modalidade e perderemos um praticante que no futuro poderia ser um bom árbitro ou técnico. Vamos perder um praticante que já estava inserido em nosso cenário. A ideia é fazer esse processo de ensino respeitando a vocação do praticante, que pode querer ser faixa-preta, campeão, professor ou outro profissional (como médico e advogado), mas eternamente ligado à prática do judô”, explica o professor.

O presidente da Federação Paulista de Judô, Alessandro Puglia reitera a linha de raciocínio do sensei Floriano e informa que estes workshops ocorrerão paulatinamente nas 16 delegacias regionais,buscando oferecer um conhecimento mais amplo do judô como esporte de formação, e não apenas de competição.

“Para nós, o Floriano é uma referência e provou isso a vida toda sendo um excelente formador. Essa possibilidade de ele estar em contato com os professores e passar sua visão de ensino é extremamente importante. Ele propõe exatamente aquilo que o judô prega, valorizando a natureza e a aptidão de cada praticante. Os tempos mudaram e, pedagogicamente falando, temos de ter a sensibilidade de mostrar o judô em todas as suas vertentes, e não apenas como rendimento. Nossa proposta é passar um pouco do conhecimento que ele detém e a visão dele sobre o judô para todos professores do Estado”, detalha o dirigente.

Mostrando-se preocupado com as constantes mudanças da área técnica, o presidente da FPJudô explica que, após a realização dos workshops em todas as 16 DRJs, a coordenação técnica da federação avaliará a possibilidade de criar uma referência de ensino para o Estado dentro desta visão mais ampla e atual da modalidade.

Joji Kimura, coordenador técnico da FPJudô, enfatiza a necessidade de ser implantada uma metodologia de treinamento mais homogênea, que alcance todas regiões de São Paulo.

“A ideia da educação continuada na área técnica da federação paulista é estabelecer uma homogeneidade e talvez até criar uma metodologia de treinamento nas categorias de base. Esperamos que o professor Floriano inicie um trabalho homeopático e de formiguinha, buscando as informações que nos permitam estabelecer um roteiro para melhorar a nossa condição técnica no médio e no longo prazo, principalmente com os atletas da seleção principal. Nossa proposta é disseminar nas pequenas entidades do interior uma formatação mais padronizada na metodologia de treinamento”, explica o coordenador técnico.

Enaltecendo a iniciativa da coordenação técnica e desejando que a ação encabeçada pelo sensei Floriano estabeleça um ponto de convergência entre praticantes, aficionados e o alto rendimento, Francisco de Carvalho Filho dá boas-vindas e deseja sucesso ao projeto.

“O judô em sua origem não foca o alto rendimento, e sim o desenvolvimento humano. Acho esta proposta do professor Floriano bastante interessante porque demanda ampla reflexão sobre o trabalho que vem sendo feito há décadas por todos os professores. Por si só, o resultado desta reflexão nos remeterá a outro estágio, e o meu desejo é que este processo seja o ponto de partida para um novo momento no judô paulista e brasileiro”, acredita o presidente de honra da FPJudô.

Informações sobre o primeiro Workshop de Formação

Datas: 20 e 27 de maio
Horário: 18h às 21h
Local: Rua Airosa Galvão, 45, bairro Água Branca – São Paulo, SP – Centro de Aperfeiçoamento Técnico(CAT)
Vagas: Há 30 vagas disponíveis para professores faixas-pretas e 40 para judocas faixas-marrons acima da classe sub 18.
Taxa: R$ 55,00

As inscrições devem ser enviadas para o e-mail fpj@fpj.com.bre serão aceitas até todas as vagas serem preenchidas.

 

Por: Isabela Lemos – Foto: Budôpress

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fique por dentro de eventos e notícias locais das Delegacias Regionais

Nossos Parceiros

Logo Parceiros

Nossos Apoiadores

Logo Apoiadores

Nosso Instagram @fpjudo