Sesi-SP disputa dez finais, conquista 17 medalhas e sagra-se campeão paulista por faixas

Judocas fazem o juramento do atleta © FPJCOM

Realizada em Itapecerica da Serra, competição reuniu 484 judocas de 109 agremiações de 16 delegacias regionais

Por Paulo Pinto / FPJCPM
13 de junho de 2022 / São Paulo (SP)

Com o apoio da Prefeitura e da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer de Itapecerica da Serra, a Federação Paulista de Judô (FPJudô) realizou no sábado (11) o Campeonato Paulista por Faixa, disputado por 484 judocas de 109 agremiações.

Alessandro Puglia, presidente da FPJudô © FPJCOM

A competição, que costuma receber um número de associações acima da média, foi muito bem planejada e realizada pelas coordenações técnica e de eventos da FPJudô, distribuindo-se em seis áreas montadas no acolhedor Ginásio Poliesportivo Antônio Baldusco.

Mesa de honra © FPJCOM

A cerimônia de abertura reuniu autoridades políticas e esportivas, entre as quais Alessandro Panitz Puglia, presidente da FPJudô; doutor Francisco Nakano, faixa-preta sho-dan e prefeito de Itapecerica da Serra; Arnaldo Luiz de Queiroz Pereira, secretário-geral da FPJudô; Marilaine Ferranti Antonialli, coordenadora de arbitragem da competição e da 8ª DR; Marco Aurélio Uchida, coordenador técnico da FPJudô; Fernando Ikeda Tagusari, coordenador do judô escolar e coordenador dos oficiais técnicos da FPJudô; Geraldo Pedroso, secretário municipal de Esporte e Lazer; Carlos Eduardo Honorato, medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Sydney (2000); Luiz Yoshio Onmura, medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de Los Angeles (1984); e Alexsander José Guedes, membro da comissão técnica do Centro de Excelência Esportiva da FPJudô, o CAT.

Árbitros fazem o rei inicial © FPJCOM

Completaram a mesa de honra os delegados regionais Hissato Yamamoto (1ª DR Capital), Cleber do Carmo (12ª DR Mogiana) e Celso de Almeida Leite (15ª DR Grande Campinas); e os professores kodanshas Michiharu Sogabe, Rioiti Uchida, Arnaldo Menani, Milton Ribeiro Correa, Milton Trajano, Belmiro Boaventura, Osvaldo Hatiro Ogawa e o ex-atleta da seleção brasileira Daniel Dell’Aquila.

Francisco Nakano, prefeito de Itapecerica da Serra © FPJCOM

Em seu pronunciamento, Alessandro Panitz Puglia enfatizou a parceria que a federação paulista desenvolve com a Prefeitura de Itapecerica da Serra.

“Em nome da diretoria da FPJudô agradeço o apoio que a nossa entidade recebe desta cidade, do secretário Geraldo Pedroso e do prefeito doutor Francisco Nakano, faixa-preta de judô, que está realizando um excelente trabalho nesta cidade. É muito importante ter judocas fazendo a gestão nos municípios, pois isso fortalece a nossa modalidade e atende a nossos filiados.”

“Esta disputa já é tradicional em nosso Estado e neste ano fizemos algumas mudanças visando a estimular nossos filiados, como a inclusão de judocas da faixa marrom com a oportunidade de se graduarem na faixa preta, desde que cumpram a grade de cursos e demais normas pré-estabelecidas pela comissão de graduação. Aproveitem a oportunidade e desejo boa-sorte a todos”, disse o presidente da entidade.

Tambores do gruo de taiko © FPJCOM

Em seu pronunciamento Francisco Nakano, prefeito de Itapecerica da Serra, afirmou: “Há 40 anos vesti meu primeiro judogi e décadas depois, pela segunda vez neste ano, estamos recebendo um importante evento desta modalidade. Como faixa-preta sho-dan sei da importância do judô na formação de crianças e jovens, e com base nisso afirmo nosso prazer em recebê-los em nossa cidade. Desejo boa competição a todos”.

toridades acompanham a execução do Hino Nacional © FPJCOM

Na sequência houve o rei inicial, brilhantemente comandado pelo jovem árbitro FIJ A Kendi Yamamoto, da Associação de Judô Vila Carrão da 1ª DR Capital. Ao todo, 42 árbitros atuaram no certame.

Arnaldo Luiz de Queiroz Pereira, secretário-geral da FPJudô © FPJCOM

Sesi-SP é campeão geral

No shiai-jô viram-se grandes combates, comprovando a importância de realizar eventos para a base e as classes de baixo.

Perfilados, judocas acompanham a execução do Hino Nacional © FPJCOM

Conquistando 17 medalhas – seis de ouro, quatro de prata e sete de bronze que asseguraram 49 pontos –, o Sesi-SP de Botucatu foi o vencedor do Campeonato Paulista por Faixas.

Além de realizar mais um evento que não acontecia a dois anos, sábado (11) foi um dia de muita emoção © FPJCOM

A equipe de Botucatu foi a Itapecerica da Serra sob o comando do professor Alexandre Dae Jin Lee com nada menos que 46 judocas. A estrutura técnica do Sesi incluiu ainda Victor Leopoldo, supervisor da equipe de rendimento de judô; Marcos Inácio, auxiliar técnico; Bruno Campos, preparador físico; Aline Tritto, nutricionista; e Danilo Magalhães, fisioterapeuta.

O Ícone dos tatamis dos anos 1980, Arnaldo Menani marcou presença na competição na qual atuou como técnico da Associação Yamazaki de Judô, de São José dos Campos que conquistou a terceira colocação © FPJCOM

Para Victor Soares Leopoldo, supervisor da equipe de rendimento, o ponto alto da equipe foi a conquista do título. “Entendo também que o resultado reflete o trabalho e as mudanças que estamos realizando no judô do Sesi-SP, sob o comando do Alexandre Lee.”

No shiai-jô viram-se grandes combates © FPJCOM

A segunda colocação foi conquistada por outra equipe do interior, a Escola de Judô Giberti, de Assis, com 15 medalhas, sendo quatro de ouro, duas de prata e nove de bronze, totalizando 35 pontos.

Árbitros que atuaram no Campeonato Paulista por Faixas © FPJCOM

A equipe de Assis foi a Itapecerica da Serra sob o comando do sensei Guilherme Giberti com 27 judocas e o auxiliar técnico Wesley Moisés de Oliveira Figueiredo. Emocionado com o excelente desempenho, Gilberti enalteceu o equilíbrio da equipe. “Obtivemos um grande equilíbrio para atingir tal feito, pois conseguimos medalhas em quase todas as categorias. Todos os judocas que foram a Itapecerica merecem ser homenageados, mas vou dar destaque para os quatro medalhistas de ouro que asseguraram a nossa conquista: Bianca Laurie, Emanuel Ferreira, Márcio Cavinatti e Pedro Leme. Mas todos, sem exceção, deram o melhor de si nas suas lutas.”

Houve grande presença de atletas na disputa dos faixas marrons © FPJCOM

A terceira colocada, também do interior paulista, foi a Associação Yamazaki de Judô, de São José dos Campos, um dos municípios que mais forma bons atletas e mais conquista vagas nos pódios em São Paulo. Para garantir o terceiro lugar a Associação Yamazaki somou nove medalhas, sendo cinco de ouro, duas de prata e duas de bronze, totalizando 33 pontos.

Comissão técnica e judocas do Sesi-SP, o grande campeão © FPJCOM

Comandada pelo sensei Nelson Sishimu Yamazaki, a equipe de 15 judocas joseense foi a Itapecerica da Serra sob a liderança do técnico Bruno Araújo, que contou com o apoio dos professores Ingrid Heyden e Arnaldo Menani, uma das principais referências técnicas do Brasil nos anos 1980.

Samara Contarini Oliveira, jogando de ippon © FPJCOM

Para Bruno Araújo o ponto alto dos atletas foi a concentração e foco em cada luta. “Todos os nossos atletas tiveram excelente desempenho e fizeram lutas ótimas em suas categorias, tendo assim colaborado com o resultado geral da equipe

Alexandre Dae Jin Lee, técnico do Sesi-SP © FPJCOM

Clique AQUI e veja a tabela de classificação geral e individual masculina e feminina do Campeonato Paulista por Faixas de 2022.

A presença feminina no certame surpreendeu a coordenação técnica da federação paulista © FPJCOM

Galeria de fotos

 

O técnico Guilherme Giberti da Escola de Judô Giberti, de Assis abraça Bianca Laurie Rocha Correia, campeão pelo leve faixa marrom © FPJCOM

A Federação Paulista de Judô tem apoio da Ajinomoto do Brasil, Original Tatamis, Shihan Kimonos, MKS/Adidas e Budokan Kimonos. Por meio das suas 16 delegacias regionais a entidade congrega mais de 10 mil atletas federados e está presente em 282 municípios do Estado de São Paulo. Anualmente a FPJudô credencia cerca de 1.500 técnicos e 950 árbitros, que atuam em competições regionais, estaduais, nacionais e internacionais.

Samara Contarini Oliveira, a campeã do peso meio-médio da faixa marrom © FPJCOM
Parte dos judocas da Associação Yamazaki de Judô, a terceira colocada © FPJCOM
Esta edição do Campeonato Paulista por Faixa reuniu 484 judocas de 109 agremiações © FPJCOM
Os técnicos Arnaldo Menani, Ingrid Heyden e Bruno Araújo da Associação Yamazaki de Judô, a terceira colocada © FPJCOM
Caio Barasnevicius Barbosa conquistou o ouro para o Sesi-SP © FPJCOM
Parte da equipe vice-campeã, a Escola de Judô Giberti, de Assis © FPJCOM
Fique por dentro de eventos e notícias locais das Delegacias Regionais

Nossos Parceiros

Logo Parceiros

Nossos Apoiadores

Logo Apoiadores

Nosso Instagram @fpjudo