Associação Namie de Judô é campeã geral do Open Ajinomoto Aspirante

Criada em 2017, a classe aspirante fomenta e fortalece principalmente as pequenas associações e os projetos sociais © FPJCOM

Competição classificatória para o Campeonato Paulista Aspirante levou 762 judocas de 94 associações a Mogi das Cruzes

Por Paulo Pinto / FPJCPM
7 de junho de 2022 / São Paulo (SP)
As duas etapas do Open Ajinomoto Aspirante reuniram 1230 atletas © FPJCOM

Com o apoio da Prefeitura e Secretaria de Esporte e Lazer de Mogi das Cruzes a Federação Paulista de Judô (FPJudô) realizou neste sábado (4) a etapa final do Open Ajinomoto Aspirante, reunindo 762 judocas de 94 associações no Ginásio de Esportes da cidade. A primeira etapa, em Ribeirão Preto, foi disputada por 468 judocas de 14 delegacias regionais.

Autoridades políticas e esportivas na cerimônia de abertura © FPJCOM

Criada em 2017, a classe aspirante fomenta e fortalece principalmente as pequenas associações e os projetos sociais, valorizando um segmento que antes ficava à margem das competições ou competia em desvantagem devido à menor experiência dos seus atletas.

A nova geração de judocas mostrou muita determinação © FPJCOM

Esta quarta edição do certame – voltada para as classes sub 9, sub 11, sub 13, sub 15, sub 18 e adulto iniciante – assegurou vaga na fase final do Campeonato Paulista Aspirante para os quatro primeiros colocados da cada classe e categoria de peso. Neste ano a coordenação técnica da FPJudô mudou o formato da disputa com o objetivo de facilitar o acesso e a participação dos judocas do interior e da Região Metropolitana da capital, como parte da retomada das atividades no período pós-pandemia, elegendo como sedes os municípios de Ribeirão Preto e Mogi das Cruzes.

Shigeo Nakamura, novo presidente da Ajinomoto do Brasil prestigiou o Open Ajinomoto Aspirante © FPJCOM

As principais equipes do Estado de São Paulo estavam representadas por jovens judocas, muitos dos quais fizeram em Mogi sua estreia no shiai-jô. As arquibancadas registraram boa presença de público, que embalou o ritmo da festa.

A classe feminina surpreendeu pelo número de judocas inscritas na competição © FPJCOM

Trabalho na base

Nos tatamis a nova geração de competidores superou a falta de técnica comum a todos que dão os primeiros passos na modalidade, com uma vontade descomunal de vencer e superar os desafios que o Caminho Suave apresenta aos novos judocas.

Alessandro Puglia, presidente da FPJudô © FPJCOM

É realmente uma experiência extremamente interessante ver centenas de crianças de diversas origens e escolas, socialmente falando, enfrentando-se de forma determinada e franca. Na verdade, lutam mais para vencer as próprias dificuldades e limitações motoras comuns à baixa faixa etária, mas na busca incessante de projetar o adversário.

Judocas fazem o juramento do atleta © FPJCOM

Sob o ponto de vista de rendimento, competições como o Open Ajinomoto Aspirante fazem um raio-X das equipes que desenvolvem bom trabalho na base e basta um simples olhar na tabela de classificação geral para identificar as escolas e clubes que priorizam o ensino do judô infantil.

Gustavo Carvalho Nogueira, secretário de Esporte e Lazer de Mogi das Cruzes © FPJCOM

Associação Namie de Judô é campeã

Com o trabalho iniciado em 1972 por meio de diversas agremiações que se sucederam e tiveram cores distintas, em 27 de novembro de 2015 a família Namie fundou a Associação Namie de Judô, que hoje é uma das principais escolas do Estado de São Paulo, quando o tema é formação de jovens atletas e a conquista de medalhas.

Ao todo. 94 clubes e associações participaram da segunda etapa do Open Ajinomoto Aspirante © FPJCOM

Comandada pelo experiente professor kodansha shichi-dan (7º dan) Paulino Tohoru Namie, um dos maiores formadores da base do Estado e do Brasil, a escola de Mogi das Cruzes possui uma equipe docente formada em sua totalidade pelo sensei Paulino e seu pai, Sethiro Namie.

Autoridades acompanham a execução dos Hinos Nacionais do Japão e Brasil © FPJCOM

O time de Mogi das Cruzes foi ao Open Ajinomoto Aspirante com 21 judocas, o técnico Paulino Tohoru Namie e os auxiliares técnicos Jefferson Takeshi Redondo, Carlos Modesto, Giovanna Monteiro e Rafael Nunes. Totalizando 16 medalhas, sendo oito de ouro, três de prata e cinco de bronze, a equipe mogiana fez 54 pontos, que lhe asseguraram o título de campeã geral.

Esta quarta edição do Open Ajinomoto Aspirante assegurou vaga na fase final do Campeonato Paulista Aspirante para os quatro primeiros colocados de cada classe e categoria de peso © FPJCOM

A segunda colocação foi conquistada pelo Projeto Olhar Futuro/ADPM Regional São José dos Campos, comandado pelo experiente professor Jefferson Luiz dos Santos, um dos principais destaques da nova geração de professores formadores de atletas.

Alessandro Puglia homenageia Shigeo Nakamura © FPJCOM

A equipe da Associação Desportiva da Polícia Militar foi a Mogi das Cruzes com 44 atletas, o técnico Jefferson Santos e os auxiliares técnicos Nicolas Felipe, Marcos Monteiro, Fabiana Carvalho, Ana Paula, Felipe Bento e Jeferson Júnior e conquistou 17 medalhas, sendo seis de ouro, três de prata e oito de bronze, totalizando 47 pontos.

A arquibancada do Ginásio Municipal de Esportes de Mogi das Cruzes recebeu excelente público © FPJCOM

A terceira colocada foi outra equipe de São José dos Campos, a Associação Kamakura de Judô, fundada em 7 de abril de 2017, que já desponta entre as mais fortes do Estado de São Paulo, quando o certame envolve as categorias de base.

Judocas da Associação Namie que medalharam no Open Ajinomoto e no Troféu Iokichi Kimura realizado no dia © FPJCOM

A equipe comandada pelo sensei Flávio Silva (ni-dan) foi a Mogi das Cruzes com os auxiliares Guilherme Silva, Tatiana Venâncio e Talita Libório. Seus 19 atletas conquistaram 12 medalhas, sendo seis de ouro, três de prata e três de bronze que totalizaram 42 pontos e lhe asseguraram a terceira colocação.

Sensei Namie com os alunos medalhistas João, Klara, Marina e Naomi © FPJCOM
As classes sub 15 e sub 15 mostraram muitos atletas talentosos © FPJCOM
Judocas da Associação Kamakura de Judô, a terceira colocada © FPJCOM
Os judocas do sub 9 e sub 11 que não subiram no pódio também foram premiados com medalhas © FPJCOM
Comissão técnica do Projeto Olhar Futuro/ADPM Regional São José dos Campos com o técnico Jefferson Santos e os auxiliares técnicos Nicolas Felipe, Marcos Monteiro, Fabiana Carvalho, Ana Paula, Felipe Bento e Jeferson Júnior © FPJCOM

Galeria de fotos

Fique por dentro de eventos e notícias locais das Delegacias Regionais

Nossos Parceiros

Logo Parceiros

Nossos Apoiadores

Logo Apoiadores

Nosso Instagram @fpjudo