Presidente Alessandro Puglia prestigia Meeting Interestadual Interclubes 2019

Com o apoio da Prefeitura e Fundação Municipal de Esportes de Blumenau e o patrocínio oficial da Vila Germânica, a Federação Catarinense de Judô (FCJ) realizou a 18ª edição do Meeting Interestadual Interclubes, que anualmente reúne as principais equipes que trabalham na base nos Estados do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo e Santa Catarina.

O certame,principal evento interclubes da região Sul, realizou-sede 1º a 3 de novembro no Ginásio de Esportes Sebastião Cruz, o Galegão, em Blumenau (SC), e reuniu pouco mais de 900 judocas e 173 técnicos de 181 clubes, além de 37 árbitros e cerca de 30 oficiais técnicos e membros do staff da FCJ.

A cerimônia de abertura reuniu autoridades esportivas e políticas, como Moisés Gonzaga Penso, presidente da FCJ; Mário Hildebrandt, prefeito de Blumenau; Marcelo Greuel, secretário de Turismo e Lazer de Blumenau e presidente da Vila Germânica; Alessandro Panitz Puglia, presidente da FPJudô; Luiz Hisashi Iwashita, presidente da FPrJ; Ricardo Alba, deputado estadual pelo PSL; Valdeci da Silva, diretor da Fesporte; Gilson de Souza, vereador de Blumenau pelo PSD; Airton Maçaneiro, diretor da Secretaria Municipal de Esportes;Nélson Wolter, presidente do Conselho Fiscal da FCJ;e Ademir Schultz, vice-presidente da FCJ.A rainha, princesas,vovó e vovô Choppão, da 37ª Oktoberfest 2019 abrilhantaram a festa.

Inovações projetam a competição no cenário nacional

A coordenação de eventos da Federação Catarinense de Judô implementou duas iniciativas inovadoras que impactaram positivamente esta edição e deverão atrair um número ainda maior de atletasnos próximos anos.

A primeira foi a inclusão da classe aspirante, que a partir de 2020 deverá elevar a quantidade de inscritos. A segunda novidade é que já no ano que vem a FCJ convidará mais um Estado para participar da competição, que desde a sua criação é disputada exclusivamente por São Paulo, Paraná Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Com estas duas grandes iniciativas as coordenações técnica e de eventos da Federação Catarinense de Judô fortalecerão ainda mais o Meeting Interestadual Interclubes, proporcionando intercâmbio técnico ainda maior.

Dirigentes avaliam o certame

Além de avaliar esta edição do Meeting Interclubes positivamente, Alessandro Puglia destacou o excelente trabalho de equipe da FCJ.

“Estamos falando de evento tradicional.Na medida em que a temporada vai terminando em São Paulo, as principais equipes de base paulistas focam o Meeting Interclubes com grande expectativa”, explicou o presidente da FPJudô.

“Além de inovar e buscar alternativas para tornar o certame cada vez mais interessante e atrativo, a coordenação de eventos catarinense subiu vários degraus no tocante ao ritmo e ao andamento da disputa, que ficou muito mais dinâmica. Pudemos rever os amigos gestores e os professores que fazem o judô acontecer verdadeiramente na Região Sul, além de traçar algumas metas para a próxima temporada”, concluiu Puglia.

Frequentador assíduo do Meeting Interclubes, Luiz Iwashita destacou a dinâmica do certame e parabenizou o comando da federação catarinense.

“É com grande alegria que pudemos presenciar em Blumenau o avanço técnico e organizacional da equipe da federação catarinense. O meeting é uma importante referência técnica para nós paranaenses, justamente por reunir os principais atletas da base dos quatro Estados que aqui estão. Este ano,porém, houve várias inovações que impuseram maior dinâmica e agregaram importância à competição e isso já nos faz rever o trabalho da próxima temporada”, disse o dirigente paranaense.

Em seu balanço final Moisés Gonzaga Penso parabenizou o esforço e o empenho da equipe da FCJ e o comprometimento dos professores de judô de todo o Estado.

“Minha avaliação é extremamente positiva porque todos os feedbacks internos e externos confirmaram que realizamos um grande evento. Isso é mérito da equipe catarinense e de todo o judô estadual, que se une para apresentar um certame cada vez melhor. Acho que devemos sempre buscar melhorar e oferecer cada vez mais. Também fizemos uma reunião com todos os coordenadores técnicos que aqui estiveram para saber quais são os pontos que agente ainda pode melhorar, pois nossa meta é a excelência”, disse Moisés Penso.

“Este ano nós inserimos a categoria aspirante, que no primeiro momento não recebeu adesão tão forte porque a maioria dos Estados já havia realizado a seletiva para o meeting, comoaconteceu no Paraná, por exemplo. Mas estamos certos de que em 2020 daremos um salto quantitativo muito expressivo com esta nova classe. Nossa ideia agora é convidar mais um Estado, o que valorizaria ainda mais o Meeting Interclubes, maior evento de nossa região nesse formato”, pontuou o dirigente.Ele também destacou a presença das autoridades esportivas e políticas.

“Tive a felicidade de contar com a presença de presidentes das federações paulista e paranaense, e tivemos uma interação muito grande em torno do nosso evento e de assuntos que envolvem a nossa região. Receber os professores Puglia e Iwashita em Santa Catarina é sempre um enormeprazer. Recebemos também a visita de Mário Hildebrandt, prefeito de Blumenau, e de Marcelo Greuel, secretário de Turismo e Lazer de Blumenau e presidente da Vila Germânica. A presença das duas autoridades certamente nos envaideceu e valida nosso trabalho”, considerou o dirigente da FCJ.

“Por tudo isso o balanço é muito positivo e não apenas pela avaliação dos amigos que vieram de outros Estados, mas pela satisfação que tivemos em ver os professores de Santa Catarina unidos em torno do nosso evento. Faço um agradecimento especial à minha equipe, aos árbitros e a todos que se uniram a nós para que realizássemos um evento de altíssima qualidade. Nosso agradecimento especial à cidade de Blumenau e à Vila Germânica, que nos receberam de braços abertos. Meu agradecimento final é para a família Schultz, de Blumenau, que nos últimos 90 diastrabalhou incansavelmente na realização desse evento”, concluiu o presidente da FCJ.

SKD Judô é a campeã da classe aspirante

Sob o comando do professor Marco Antônio Otávio, a equipe aspirante da Associação de Pais e Amigos do Judô e Dança de Itajaí (SKD) foi a Blumenau com dez atletas e obteve 100% de aproveitamento,totalizando 99 pontos e conquistando cinco medalhas de ouro, três de prata e duas de bronze.

Com aproveitamento de 85%,a Escola de Judô Juliano Campos, de Santa Cruz do Sul (RS),assegurou a segunda colocação com cinco medalhas de ouro.Comandada pelo sensei Juliano Campos, a equipe gaúcha foi a Santa Catarina com seis atletas, e fez história ao totalizar 65 pontos.

Sob orientação do técnico Rafael de Figueiredo e dos professores Eduardo Ferreira e Ronaldo Silva Rosa, a Associação de Judô Gaba,de São Leopoldo (RS), foi a Blumenau com cinco judocas e obteve 100% de aproveitamento, conquistando quatro medalhas de ouro e uma de prata, totalizando 60 pontos.

A Associação Sociedade Amigos do Judô de Dom Feliciano (Soajudo),de Porto Alegre (RS), assegurou a quarta colocação totalizando 58 ponto se conquistando três medalhas de ouro e duas de prata. A equipe comandada pelos professores Francisco e Adair Rodrigues foi a Blumenau com seis judocas e obteve 85% de aproveitamento.

Sob o comando do sensei Celso Julian, os alunos da Associação Desportiva Água Doce (SC) conquistaram cinco medalhas, sendo três de ouro e duas de prata,totalizando assim os 55 pontos que lhe asseguraram a quinta colocação geral. A equipe serrana da região de Campos de Palmas foi a Blumenau com apenas cinco atletas e obteve 100% de aproveitamento.

 

Grêmio Náutico União é campeão da classe graduados

Comandada pelo professor Leandro Bernardes Freire, a equipe porto-alegrense do Grêmio Náutico União foi campeã geral da 18º edição do Meeting Interestadual Interclubes da classe graduados. Inscrevendo 39 judocas, sendo 22 do masculino e 17 do feminino, a equipe da capital gaúcha totalizou 221 pontos ao conquistar 23 medalhas, sendo nove de ouro, sete de prata e sete de bronze.

A vice-campeã foi outra equipe da capital gaúcha, a arquirrival Sogipa, que levou 32 atletas a Santa Catarina, sendo 19 do masculino e 13 do feminino. A equipe comandada pelo laureado e experiente técnico Antônio Carlos de Oliveira Pereira, o Kiko, totalizou 133 pontos com 14 medalhas, sendo cinco de ouro, três de prata e seis de bronze.

A Associação de Pais e Amigos do Judô e Dança de Itajaí (SKD), do experiente professor Marco Antônio Otávio,chegou em terceiro lugar na classe graduados com 25 atletas. Totalizando 109 pontos, a equipe Itajaiense conquistou 15 medalhas, sendo três de ouro, duas de prata e dez de bronze.

A quarta colocação foi assegurada pela Associação Namie de Judô, de Mogi das Cruzes (SP). Comandada pelo icônico formador de atletas Paulino Tohoru Namie, a equipe mogiana foi a Blumenau com dez judocas, sendo 4 do masculino e 6 do feminino, que conquistaram 74 pontos com sete medalhas, sendo quatro de ouro, uma de prata e duas de bronze.

A quinta colocação foi obtida pela Associação Videirense de Judô, tradicional dojô de Santa Catarina fundado pelo renomado professor Camilo Gonzaga Penso e comandado hoje pelo professor Moisés Gonzaga Penso. Com 20 atletas na disputa, a equipe serrana totalizou 61 pontos e obteve cinco medalhas, sendo uma de ouro, três de prata e uma de bronze.

Por: Paulo Pinto – Fotos: Francielle Cecília/FCJ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fique por dentro de eventos e notícias locais das Delegacias Regionais

Nossos Parceiros

Logo Parceiros

Nossos Apoiadores

Logo Apoiadores

Nosso Instagram @fpjudo